quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Uma grande constante em minha vida é a frase: “Falar é fácil, difícil é fazer!”, e, por incrível que pareça, compreender o significado dela me fez crescer como ser humano, pois percebi que a teoria é sempre mais fácil do que a prática.
Aprendi que não importa o que tenho a falar, e sim o que faço e como faço. Pois não adianta eu falar as regras, se não consigo cumpri-las; não adianta apontar o caminho, se eu mesma não vou por ele.
Aprendi que, para isso, é preciso que eu seja, antes de tudo, autêntica.

E ser autêntica não é fácil; na verdade é um doloroso e longo caminho de auto-descoberta que, no fim, só traz crescimento!

Nenhum comentário:

Postar um comentário